A Disciplina

É impossível pensar a tríade produção/circulação/consumo de música sem o entremeio das tecnologias, sejam elas digitais ou mesmo analógicas.

A música está hoje associada não só ao uso de softwares e tecnologias de todo porte em processos de produção, mas à própria utilização de redes digitais como espaço de produção simbólica coletiva, através das tecnologias P2P, além do uso dessas redes como instrumento de circulação da produção.

O uso de softwares, principalmente, vêm incentivar (pois facilitam) a produção musical entre pessoas com e sem conhecimento teórico de música, e, mais uma vez, a internet é o espaço para a circulação desses programas e informações específicas, gerando produções. Num aspecto negativo, há circulação de material às vezes de caráter estético questionável, por essa facilidade de criação.

Acreditamos, no entanto, que essa autonomia de produção musical incentivada pelas tecnologias contemporâneas terá mais resultados positivos se forem criados fóruns, oficinas, cursos para o aprimoramento no uso dessas tecnologias.

É nestes sentido que Conservatório de Música busca trazer aos alunos a disciplina de Informática em Música.

Sendo assim, a disciplina visa o estudo de todo o universo inerente à tecnologia musical.

Isto inclui: o estudos das novas mídias, processos da produção musical e editoração de partituras musicais.

Os Objetivos Específicos São:

  1. Refletir sobre o uso das novas tecnologias na aprendizagem de música
  2. Utilizar recursos tecnológicos em estudos, práticas e produção musical
  3. Conhecer o funcionamento básico do computador, tablet e smartphone
  4. Conhecer softwares de edição de partituras, de texto, imagens e áudio
  5. Realizar editoração de partituras musicais
  6. Conhecer os processos de produção musical

Conteúdos programáticos:

  • Novas tecnologias aplicadas à música
  • Computadores, tablets e smartphones: breve história e seus componentes; noções sobre hardware e software; sistemas operacionais; unidades de armazenamento;
  • Os softwares musicais: software para edição musical; Software para acompanhamento, software para gravação de áudio, software para instrução musical, software para sequenciamento musical, software para síntese sonora
  • A pesquisa em música: Fontes de pesquisa, formatação, produção e apresentação de trabalho; redes sociais e sites de música, banco de dados de partitura, sites de pesquisa;
  • As publicações musicais: desenvolvimento das publicações musicais, principais tipos de publicações musicais impressa (livros, revistas de cifras, partituras, programas de concerto, release, dentre outros;
  • Produção musical: 
  • Editoração de partitura